Loading...

Séries gratuitas

Como usar chez em francês?

Você já conhece a série
Como usar chez em francês?

Continuando com nossa série Francês todo dia! Se você não sabe do que se trata, foram 30 lives feitas pela Céline no começo do período de confinamento, e recebemos muitos pedidos para disponibilizá-la novamente.

Nossa equipe de professores, então, preparou um resumo de cada aula, com explicações, respostas das perguntas que aconteceram ao vivo, além de exercícios para você ver, rever e praticar!

Vamos começar?

Sabia que a palavra “chez” em francês vem da mesma origem que a palavra “casa”, em português? 

Mas isso não quer dizer que você vai usar “chez” exatamente como se usa “casa” em português… não, não, não.. 

Vamos ver como se usa e te ajudar a evitar alguns erros bem comuns com essa palavra?

Na casa de alguém

A primeira forma de uso da palavra “chez” significa “na casa de” alguém. Esse alguém pode ser dito com o próprio nome da pessoa, do tipo “chez Léna”, como no exemplo:

 “Je vais chez Léna après le travail !” (Eu vou na casa da Léna depois do trabalho!)

Ou também o nome da pessoa pode ser substituído por um “pronom tonique”. Se você não sabe o que são os pronoms toniques você precisa ver esse vídeo aqui (mas só depois da leitura, agora pode continuar lendo que eu vou te mostrar aqui o que são e a quem eles se referem):

Moi – eu

Toi – você (contexto informal)

Lui – ele

Elle – ela

Nous – nós

Vous – você (contexto formal) / vocês

Eux – eles 

Elles – elas

Então imagina que seu amigo quer decidir onde vai ser a festa de aniversário de um outro amigo de vocês em comum, vamos dizer: o Sébastien, e pergunta pra você:

Et alors ? La fête de Sébastien ? On fait où ? Chez nous ? Chez lui ? Chez moi ? Chez toi ?

(E então? A festa do Sébastien? Fazemos onde? Na nossa casa? Na casa dele? Na sua casa?)

Você que, imaginamos, conhece bem a família do Sébastien, pode responder:

On peut faire sa fête chez ses parents… Chez eux il y a un jardin ! Ou encore chez ses soeurs ! Chez elles, il y a une piscine ! On fait un barbecue ?

(Podemos fazer a festa na casa dos pais dele! Na casa deles tem um jardim! Ou ainda na casa das irmãs dele! Na casa delas tem uma piscina… Vamos fazer um churrasco?)

Super ! A festa do Sébastien já tem endereço! Falta o bolo, a comida, as bebidas… e assim aproveitamos pra ver o segundo uso da palavra chez:

No estabelecimento de alguém

Esse uso é normalmente para indicar um estabelecimento, podendo ser de comércio, como chez le coiffeur, ou um escritório, como no caso de chez l’avocat, ou ainda consultório, como no caso de chez le dentiste

Isso quer dizer para dizer que vai à padaria você pode dizer Je vais à la boulangerie ou Je vais chez le boulanger. O escritório do advogado pode ser le bureau de l’avocat ou chez l’avocat, e assim por diante.

Particularmente eu acho lindo esse uso, porque sua origem remonta a um momento na história em que os profissionais desempenhavam suas funções em suas casas, ou em pequenos espaços dedicados ao trabalho.

Então para buscar o pão, era necessário ir chez le boulanger (literalmente na casa do padeiro). Se precisasse de carne, podia passar chez le boucher. Frutas, legumes, arroz, temperos? Chez l’épicier. Precisando de um bolo? Só ir chez le pâtissier… Uma garrafa de vinho? Chez le marchand de vin. 

Com a evolução das coisas, os nomes dos lugares passaram a ser boulangerie, boucherie, épicerie, pâtisserie… Mas ainda se conserva o uso de chez mais a profissão, podendo se alternar no uso.

Então, continuando no nosso contexto para você observar bem o uso real, vamos decidir as outras coisas da festa do Sébastien. Seu amigo te diz:

– Bon, je vais à la pâtisserie chercher le gâteau. Tu peux aller chez l’épicier au coin de la rue pour acheter des bougies et les boissons ?

(Bom, eu vou na confeitaria buscar o bolo. Você pode ir no mercadinho da esquina pra comprar velas e as bebidas?)

– Oui… J’arrive de la boucherie, on a déjà la viande et j’ai déjà commandé le pain chez le boulanger !

(Sim… Cheguei do açougue, já temos a carne e já encomendei o pão na padaria!)

Super ! Agora só falta o presente do Sébastien, e assim vamos ver o terceiro uso da palavra chez:

Na empresa de alguém

Muito próximo desse uso de chez mais profissão, temos esse uso que você já deve ter visto em perfumes e artigos de moda.

Assim, você pode escolher comprar um perfume para o Sébastien Chez Channel, Chez Dior, Chez Guerlain… 

Por fim, algumas dicas importantes:

Cuidado para não acumular as informações e dizer chez la boulangerie, por exemplo. É boulangerie ou chez le boulanger

Também observe que a palavra “chez” funciona como uma preposição. Isso quer dizer que você não precisa dizer “je vais dans chez le pâtissier”. Assim, está errado. O correto é simplesmente “je vais chez le pâtissier“.

Sendo uma preposição, é bem comum o uso de chez significando não “na casa”, ou “no estabelecimento”, mas simplesmente se referindo a elas. Do tipo:

Aujourd’hui, on peut observer chez les jeunes un usage plus fréquent de l’argot.

Hoje, podemos observar nos jovens um uso mais frequente de gírias.

Como sempre, é na prática que você vai absorver o que aprendeu. Então, vamos lá?

Este exercício é somente para usuários logados.


Publicado por Tassiana

Formada em Letras Clássicas e Língua e Cultura Francesa, mestre em Estudos da Linguagem, é apaixonada pela origem das palavras e pelo ensino de língua francesa.
Compartilhar no facebook
Compartilhar este post no Facebook

POSTS RELACIONADOS

C’est ou il est ?

C’est ou il est ?

Você tem dúvida sobre como usar “c’est”? Já confundiu com “il est”? Na verdade, tanto “c’est” quanto “il est” podem ser traduzidos por “é”, em

Leia mais »