Loading...

Séries gratuitas

C’est ou il est ?

C’est ou il est ?

Essa série foram 30 lives feitas pela Céline no começo do período de confinamento, e recebemos muitos pedidos para disponibilizá-la novamente.

Nossa equipe de professores, então, preparou um resumo de cada aula, com explicações, respostas das perguntas que aconteceram ao vivo, além de exercícios para você ver, rever e praticar!

Vamos começar?

Você tem dúvida sobre como usar “c’est”? Já confundiu com “il est”? Na verdade, tanto “c’est” quanto “il est” podem ser traduzidos por “é”, em português, mas as formas de usar são diferentes. Vamos ver de uma vez por todas e te ajudar a evitar as confusões?

Primeiro, vamos ver os usos do “c’est”:

C’est – para apresentar uma coisa 

Em português, diríamos simplesmente “é uma caneta”, ou “são canetas”. Em francês, vamos dizer “c’est un stylo”, ou “ce sont des stylos”.

E se for na negação? Simples: “ce n’est pas une cuillère” (não é uma colher) e “ce ne sont pas des cuillères” (não são colheres).

C’est – para apresentar uma pessoa 

Se você for perguntar “quem é?”, você vai dizer “qui c’est ?” Um detalhe na diferença para o português é que, se for perguntar “quem são?”, no plural, também vai ser “qui c’est ?” e não “qui ce sont ?” 😀 

Se for para apresentar alguém, dizendo “Esse é o Serge”, ou simplesmente “É a Jane”, ou ainda “São o Serge e a Jane”, você vai usar: “C’est Serge”, “C’est Jane”, ou “Ce sont Serge et Jane”. 

Outra diferença em relação ao português: não usamos o artigo definido na frente do nome próprio, como em português: é o Serge, é a Jane. Non ! É errado dizer “C’est le Serge” “C’est la Jane”.

C’est – para se anunciar no telefone / interfone

Quando ligar para alguém ou for mandar uma mensagem por áudio, por exemplo, e for se anunciar, você também vai usar “c’est”: “C’est moi !” (Sou eu) ou “C’est Tassiana” (É a Tassiana) (aqui você coloca seu nome, claro).

Mesma coisa se for no plural: imagina que você e o seu amigo estão chegando na casa de um outro amigo, chamam no interfone e dizem: “C’est nous” (É a gente, ou “é nois”, né? ;D) ou “C’est Lucas et moi” É o Lucas e eu”. 

Ah! Como imagino que vocês vão se perguntar sobre isso, em francês também é mais polido colocar a pessoa antes de você na frase, assim como em português 😉

C’est – para fazer um comentário geral

Nesse caso, usamos o c’est mais um adjetivo, para exprimir uma opinião, do tipo: “C’est cool !” (É legal!) 

É bem comum você ver assim também em francês, por exemplo: “L’escalade, c’est bon !” (Escalada… é bom!)

Observe que nesse caso, você coloca uma vírgula e faz o acordo do adjetivo com “ce”, que é um pronome singular e masculino, independente de “L’escalade” ser feminino, pois você está exprimindo uma opinião geral.

Agora vamos ver os usos de “il est”. 

Il est – para caracterizar alguém 

Il” em francês é “ele”, então da mesma forma que você usa “il” para algo masculino e singular, você vai usar “elle” para algo feminino e singular: “il est” (ele é) / “elle est” (ela é).

Diferente de “c’est”, que é para apresentar ou falar de algo geral, o uso do “il est / elle est” é para caracterizar alguém, falando de algo mais específico, como profissão, nacionalidade, estado civil, religião, etc.

Então, por exemplo, quando você apresenta alguém, o certo é dizer: “C’est João, il est ingénieur.” Não vai dizer “C’est ingénieur”, nem “Il est João”. 

Também diferentemente de “c’est”, que concorda sempre o gênero e o número do adjetivo com “ce”, ficando sempre no masculino e singular, atenção para o feminino de “il est”: “elle est”, pois vai ficar assim:

Il est marocain (ele é marroquino) / Elle est marocaine (ela é maroquina)

Il est boudhiste (ele é budista) / Elle est boudhiste (ela é budista)

Il est marié (ele é casado) / Elle est mariée (ela é casada)

Atenção para quando quiser, além de especificar, também qualificar, ou seja: colocar um adjetivo depois de uma frase como essas acima:

Il est professeur. C’est un professeur exceptionnel.

Não se pode dizer: Il est un professeur exceptionnel.

Hum, complicou agora? Olha esse truque para não errar, que legal! Lembre-se de que você vai usar: 

C’est com um determinante

Determinante pode ser um artigo, um possessivo, um demonstrativo… ou seja, uma palavra que vem antes de um substantivo e o caracteriza. Veja os determinantes em francês:

Então, imagina que você vai falar do seu gato:

C’est mon chat. 

Il est sympathique. 

C’est un chat sympathique.

Você não vai dizer “Il est mon chat sympathique”.

E finalmente, você pode usar “il est” ao invés de “c’est” quando for uma situação mais formal. Do tipo:

C’est l’heure de partir.

Il est l’heure de partir.

Este exercício é somente para usuários logados.


Publicado por Tassiana

Formada em Letras Clássicas e Língua e Cultura Francesa, mestre em Estudos da Linguagem, é apaixonada pela origem das palavras e pelo ensino de língua francesa.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Join the discussion

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS