Loading...

Séries gratuitas

Conjugação fácil! Verbos irregulares #1

Conjugação fácil! Verbos irregulares #1

Essa série foram 30 lives feitas pela Céline no começo do período de confinamento, e recebemos muitos pedidos para disponibilizá-la novamente.

Nossa equipe de professores, então, preparou um resumo de cada aula, com explicações, respostas das perguntas que aconteceram ao vivo, além de exercícios para você ver, rever e praticar!

Vamos começar?

Às vezes a gente morre de medo de se aventurar da floresta densa dos verbos irregulares, cheios de perigos e armadilhas. Mas no meio deste emaranhado estão os verbos mais importantes da língua francesa: os auxiliares être (ser/estar) e avoir (ter), o nosso querido aller (ir) e muitos outros!

Chegou a hora de a gente descomplicar e mostrar de uma vez por todas que nesse mato não tem bicho papão. 🙂

Dica #1 Concentre-se nos verbos mais frequentes

Aumente seu repertório de verbos progressivamente. Se tentarmos aprender todos de uma vez, podemos ficar frustrados e desistirmos. No vídeo, a Céline dá uma lista dos dez verbos mais úteis no dia-a-dia. Se você é completamente iniciante, comece apenas com o primeiro: être, ou estude no máximo a tríade être, avoir, aller.

“Por que sempre que alguma coisa acontece, é com vocês três?”

Dica #2 Agrupe os verbos parecidos

Os verbos irregulares são assim chamados por terem variações dentro do radical, mas as terminações são relativamente constantes, e nós podemos organizá-las em subgrupos. Você pode fazer suas próprias listas para atualizar conforme conhecer novos verbos. Mas para dar um pontapé inicial, a gente começou essa lista pra você!

Como você pode ver, basicamente as terminações no singular são s-s-t. Mais raramente, podem ser, s-s-d ou x-x-t. Já as terminações no plural permanecem as mesmas do primeiro grupo: ons-ez-ent.

Dica #3 Pratique de forma lúdica

Cada pessoa tem sua forma de aprender. Algumas pessoas precisam de esquemas e listas, outras preferem exercícios de repetição, para que conjugar se torne um ato mecânico ou automático, outras pessoas precisam ver os verbos em ação – com o perdão do trocadilho -, aprendendo na prática como eles funcionam. Seja qual for a sua maneira preferida, o mais importante é respeitar o seu ritmo e tentar aprender da maneira mais prazerosa. Uma dica para transformar o aprendizado em diversão é criar jogos manuais: cartões de memória, roleta para sortear verbos, dados (um com pronomes, outro com os verbos no infinitivo, futuramente um terceiro dado com outros tempos verbais…), desenhar cartas mentais, criar músicas com as conjugações do verbo… o céu é o limite!

Para começar, vamos praticar um pouco?

Este exercício é somente para usuários logados.


Publicado por Fernanda

Doutoranda em literatura francesa em Québec (a cidade!), também ensina yoga em francês nas horas vagas.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Join the discussion

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS